Leoas classificadas para o Super Sevens!

Por 13 de abril de 2017Sem categoria

Leoas classificadas e com força total para o Super Sevens 2017, após a volta de duas de suas principais atletas

IMG-20170410-WA0190

As Leoas de Paraisópolis se classificaram para o Super Sevens 2017 ao terminarem em vice a Etapa Classificatória, que aconteceu em Florianópolis, nos dias 25 e 26 de março – precisavam terminar entre as 4 primeiras para conseguir a vaga. Com isso, conquistaram a chance jogar o circuito nacional de 6 etapas, onde enfrentarão as melhores equipes do Brasil. Com certeza, um grande desafio! As Leoas, mesmo sendo o time mais novo do torneio classificatório, foram determinadas a mostrar pra si próprias e para todos, que poderiam enfrentar suas adversárias de igual pra igual. E assim, de jogo em jogo, chegaram até a final, perdendo para o tradicional time do Bandeirantes R.C e terminando em vice. Na semifinal já haviam vencido, de forma surpreendente, a fortíssima equipe do Desterro.

Para as etapas do Super Sevens Feminino 2017, as Leoas estarão com força total, com a volta de duas de suas principais atletas, Leila Silva e Bianca Santos. Leila, que faz parte do programa de alto rendimento “Top 100”, da CBRu, juntamente com outras Leoas, está bastante empolgada após um ano fora, vestindo a camisa do tradicional SPAC. “Espero poder agregar muitas coisas boas, como experiência, que nessa fase nova é uma das coisas importantes pro time crescer e superar todas as expectativas. Voltar a vestir esse manto, voltar a sentir a mesma sensação prazerosa de quando jogávamos no juvenil, é impagável. Ser acolhida novamente por elas foi como se eu nunca tivesse saído”, diz Leila, que volta de uma grande experiência, num dos principais times femininos no Brasil. “Foi muito especial realizar o sonho de jogar em um clube como o SPAC. É gratificante! o modo como todos me acolheram e me fizeram sentir parte da grande família que são foi a melhor parte.” Ela diz que os aprendizados foram enormes. “‘Se não fizerem por vocês mesmas, ninguém mais vai fazer’ é a frase que resume tudo que trago de aprendizado. Aprender a fazer algo por você ou pelo seu time sem esperar ninguém fazer por você te faz crescer como pessoa, te faz pensar em como você sempre pode melhorar e ajudar seu time todos os dias. São pequenos detalhes, mas são os que realmente importam.”

IMG-20170410-WA0192

Já Bianca, que é uma das principais atletas da Seleção Brasileira Feminina Adulta, ode está desde 2013, ficou duas temporadas fora de Paraisópolis, jogando pelo São Jose R.C., onde pôde se desenvolver muito como atleta e pessoa. “Foram dois anos muito bem aproveitados jogando com o São José. Fui muito bem acolhida por todos do time e agradeço pela oportunidade de ter jogado ao lado delas, por terem aberto as portas pra mim. Um time com um coração enorme! Fiz amizades que com toda certeza vou levar pro resto da vida. Bons amigos que o Rugby me deu”. Mauricio Coelho, o Maumau, Diretor Técnico do São José R.C., ressalta que “ela nos ajudou e ensinou também muito as suas companheiras. Trata-se de uma menina sincera, humilde e de grupo. Tenho certeza que as amizades que ela construiu aqui ficarão para o resto da vida.”

Bianca

Marcia Muller, Coordenadora Técnica no Instituto Rugby Para Todos, e treinadora das Leoas, destaca a importância da volta das duas e dos intercâmbios: “como treinadora, é muito importante contar com o retorno da Bianca e da Leila para compor o elenco das Leoas de Paraisópolis, pois, além do trabalho de base que pudemos fazer, elas também puderam elevar o nível de jogo atuando na primeira divisão com dois grandes clubes do Brasil e com a Seleção Feminina.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Responda

Copyright © 2017 Todos os direitos reservados.